Borboletas de papel
×
Borboletas de papel
Borboletas de papel
R$ 30,00

Adicionar ao Carrinho
Liliane Balonecker Daluz é poeta e professora, graduada em Letras pela UFRJ, especialista em Literatura Infantojuvenil pela UFF, mestre em Educação pela FFP-UERJ e doutoranda em Educação pela PUC-Rio. Também integra o Grupo “As Cigarras”, no qual desenvolve o trabalho “Costurando Cantos e Contos”,
voltado para a contação de histórias e resgate das cantigas populares e cultura tradicional popular, através de espetáculos, que misturam teatro, música, jogos folclóricos e narração de histórias. Desde bem cedo, aprendeu a amar a literatura. Lili espalha, aos quatro ventos, que gostaria de ser “poesia concreta”. Ela corre em suas veias, pulsante, e não há nada melhor do que se lançar nos braços da poesia e voar em suas asas.

PREFÁCIO
Eliza Morenno

A poesia de Lili é menina que anda na terra disposta aos passos e poças. Disposta a cair. Não pensem, porém, que é só de chão sua matéria. Avancem nas páginas e descubram a vocação de asa herdada de poetas simbolistas que muito ecoam em suas vozes.

Foi desenhado para o voo este livro. Para o voo livre. Há tempestades no caminho e as borboletas não se protegem dos raios, pois sendo de papel são capazes de se transformar na própria chuva.

“No compasso das horas/Nas asas do vento”, os leitores serão banhados com uma escrita muitas vezes prosaica, noutras reflexiva, e ainda despretensiosa. Trata-se de uma borboleta de muitas cores. Quem sabe um camaleão (por que não?). São essas metamorfoses que nos guiam e nos deixam “aborboletados”.

Deixe os pés descalços e desfrute.

ISBN 978-85-7823-282-5
180 p.
14x21cm
brochura.
R$ 30,00