Democracia, um mito
×
Democracia, um mito
Democracia, um mito
R$ 38,00

Adicionar ao Carrinho
O LIVRO

Democracia, um mito, de João Uchôa Cavalcanti Netto, ficou dez anos inédito, guardado a sete senhas nos arquivos do autor. É um livro tão polêmico que ele vacilou em publicá-lo em vida. Este é, pois, um livro póstumo. A iniciativa de levar aos leitores as ideias deste homem extraordinário, que mudou o ensino superior privado no Brasil, é de sua filha, Monique Uchôa de Vasconcelos.

O leitor pode abrir o livro ao acaso e dará de cara com algumas perplexidades: “Nos EUA, um país tido como democrata por excelência, o Presidente, às vezes, não se elege pela maioria do Povo, nem pela maioria dos eleitores ou sequer pela dos votantes: elege-se por minoria de votantes”. “O engenheiro, o dentista, o arquiteto e você, Leitor, se errar, tem de indenizar. Mas se o juiz errar, um tribunal superior corrige a gafe e o deixa em paz para errar de novo, impunemente, às nossas custas”. “Em quem você votou nas últimas eleições?”

O AUTOR

João Uchôa Cavalcanti Netto nasceu no Rio de Janeiro em 1933 e faleceu nesta mesma cidade em 2012, três meses antes de completar 79 anos. Foi advogado, juiz de direito, educador, cineasta, escritor, artista plástico e, sobretudo, empreendedor. Fundou e desenvolveu a Estácio de Sá, a maior universidade do Brasil na época, cujo sistema de ensino foi estendido a quase todo o Brasil. Foi premiado pela Academia Brasileira de Letras pelo romance João, obra referencial de seus escritos, que incluem também Contos bandidos e a peça de teatro Prezados canalhas, entre outros livros. Na área jurídica, publicou também O Direito, um mito (traduzido para o francês e para o espanhol).

DEMOCRACIA, UM MITO
De João Uchôa Cavalcanti Netto
Ibis Juris, 180 páginas, R$ 38,00
ISBN 978-85-7823-264-1